Tipos de partos: Normal, natural, cesárea, na água, cócoras e outros

Perguntas e respostas sobre tipos de parto, como na água, cesárea, por vácuo extrator, normal, natural e outros. Tire suas dúvidas sobre esta classificação e as vantagens de cada um deles.

Página Inicial

Quais os tipos de parto existentes?

Existem vários tipos de parto. Os mais conhecidos e utilizados no Brasil são:

  • Parto normal
  • Parto natural
  • Cesárea
  • Parto na água
  • Parto de cócoras
  • Parto a fórceps
  • Parto por vácuo extrator.

Cada um dos tipos de parto deve ser determinado por um médico especialista que tenha acompanhado a mulher durante todo seu período gestacional, levando em conta as condições físicas da paciente e do bebê.

Parto normal e parto natural são a mesma coisa?

Não. Eles são basicamente parecidos. Ambos são via vaginal porém, no parto normal intervenções como anestesia, episiotomia (corte que o médico faz no períneo para facilitar a saída do bebê) e indução das contrações por meio de soro são práticas aceitas. Já no parto natural não são usadas estas medidas. O parto acontece de forma totalmente natural quando o bebê está pronto para sair de dentro da mãe. Apesar de não se usar anestésicos e soros para a indução, uma equipe médica deve sempre estar a postos para acompanhar o parto e ajudar em qualquer imprevisto. Os médicos afirmam que tanto o parto normal quanto o natural trazem menos riscos de infecção.

Parto na água?

É via vaginal. Pode ser feito no hospital ou em casa. A mulher fica dentro de uma banheira com água aquecida a 36 ºC. Para algumas, o contato com a água proporciona conforto e alívio; para outras, isso não basta. Precisam de suporte de medicação e, às vezes, até de oxigênio. Deve ser acompanhado por uma equipe (médico, obstetriz e enfermeira).

Veja aqui imagens que ilustram o exemplo de parto na água.

Parto de cócoras?

É via vaginal. O que muda em relação ao parto normal é a posição da mãe, que, em vez de ficar deitada, mantém-se de cócoras. Também existe uma cadeira especial, criada para esse tipo de parto, na qual a gestante fica a uma altura que permite ao obstetra ter um bom campo visual e auxiliar o trabalho. Muitas mãe que passaram por este tipo de parto afirmam que ele é mais fácil e as vezes até mais rápido devido a posição auxiliar na saída da criança.

Veja aqui exemplos de parto de cócoras.

Cesárea?

A cesárea é via transabdominal. É uma cirurgia como outra qualquer. Após a anestesia, o médico corta várias camadas até chegar ao útero, onde o bebê é alcançado e retirado. Em seguida, a placenta é removida e o corte suturado. Este tipo de parto só é recomendado para mulheres que apresentem riscos durante o período gestacional ou complicações na hora do parto. Hoje, ela só é utilizada em casos de necessidade. O parto normal é o recomendado para todas as mulheres saudáveis. A cesárea só deve ser feita com recomendações dos médicos. É preciso fazer repouso por pelo menos cinco dias. E nada de esforço por 30 dias. A recuperação total da musculatura pélvica só ocorre depois de seis meses.

Aqui algumas imagens e ilustrações sobre o parto cesária.

Fórceps?

Ele é via vaginal. O obstetra utiliza um instrumento cirúrgico semelhante a duas colheres, o fórceps, que ajuda a retirar o bebê do canal. Ele só é utilizado em caso de emergência em que os médicos não teriam tempo de levar a paciente para uma mesa de cirurgia. Aplica-se, por exemplo, quando há sofrimento fetal ou a mulher não consegue mais fazer força, pode machucar o períneo da mulher, com pequeno risco de danos à bexiga ou ao ânus. Às vezes, o bebê sofre uma lesão temporária na cabeça ou no nervo facial.

Veja aqui algumas ilustrações que mostram como o parto fórceps é feito na prática.

Parto por vácuo extrator?

Ele via vaginal, é uma variação mais moderna do fórceps. Utiliza um instrumento cirúrgico com ventosas, que são posicionadas na cabeça do bebê, sugando-o um pouco mais para fora a cada contração, também é um procedimento definido pelo obstetra para lidar com casos de sofrimento fetal, emergências ou quando a mãe não consegue mais fazer força durante o parto.

Entenda um pouco mais sobre o parto por vácuo extrator com essas ilustrações.



 

Veja também

 


© 2017   |   FAQ: Perguntas e Respostas Frequentes